Notícias
Aqui você pode listar notícias e atualidades.
 Localizar   
Compartilhe
Tamanho da fonte



Arquitetura libanesa em destaque
5/7/2009
Construções abandonadas, intercaladas por novos lotes de estacionamento e palácios extravagantes fazem com que a capital do Líbano não pareça uma só cidade, mas muitas, em uma diversidade que pode, muitas vezes, parecer caótica.

Como uma das muitas expressões de uma cultura, a arquitetura reflete um sistema de organização dos espaços naturais e públicos em um modo de vida que proporciona a criação de laços sociais específicos. Tradicionalmente elaborada a partir de princípios geográficos, históricos, sociológicos e econômicos, ela pode ser vista também como uma arte que leva em conta as correntes culturais que a formam. Assim pode-se dizer que as construções que formam uma cidade são o reflexo de toda a organização e evolução de uma sociedade.

Os guindastes que hoje rasgam o céu de Beirute, em meio a modernas torres de vidro e edifícios em ruínas, oferecem ao bom observador diferentes faces que surgem surpreendentemente à medida em que se caminha pelas ruas da cidade. Construções abandonadas, intercaladas por novos lotes de estacionamento e palácios extravagantes fazem com que a capital do Líbano não pareça uma só cidade, mas muitas, em uma diversidade que pode, muitas vezes, parecer caótica. Por isso é possível confundir essa diferença de estilos tomando-a tanto pela expressão de uma rica mestiçagem arquitetônica como por uma cidade sem identidade e em constante mutação.

No caso específico do Líbano, um país aberto ao mar Mediterrâneo, a ligação entre o leste e o oeste expôs o país às diversas influências estrangeiras e a constante migração das idéias e dos povos. E com a arquitetura não poderia ser diferente. Na nossa edição de julho, vamos apresentar na sessão Destaque as casas libanesas como o primeiro artigo de uma série sobre a arquitetura do país, identificando os traços que fazem das construções libanesas uma expressão original e particular de sua cultura.

A casa libanesa
Às margens do Mar Mediterrâneo, o Líbano é uma país com um relevo diverso – onde encontram-se picos de até 3088 metros – que faz com que o clima seja igualmente rico e possa originar uma grande variedade de materiais de construção. Ao contrário da Síria e da Palestina onde o barro predomina, o Líbano também conta com a pedra e a madeira para compor suas construções tradicionais.

O cruzamento das influências do mundo ocidental e oriental, somado à diversidade de materiais disponíveis fazem da arquitetura libanesa algo específico e único no Oriente Médio originando uma mistura refinada entre a morada oriental e mediterrânea. Vejamos aqui alguns exemplos de casas libanesas:


 1   2   3 
  
 4   5   6 



Legendas:

 1  - Casa urbana tipicamente libanesa, facilmente reconhecível por seus grandes arcos.
 2  - Outra casa tipicamente urbana, situada à beira mar, com arcos na fachada.
 3  - Casa abandonada ao norte de Beirute, à espera da restauração.
 4  - Exemplo de casa restaurada, respeitando os materiais e a arquitetura tradicionais, mas com um aporte moderno.
 5  - Nessa imagem vemos uma casa típica do interior do Líbano que, como as outras, possui as janelas em arco.
 6  - Escada construída à maneira libanesa.

Fontes:
6 climats, 6 habitants por Jean Gabriel Chelala
Site ILoubnan
Architecture Traditionelle Libanaise, École d’Avignon



voltar


Política de privacidade. ©2014. Criação FamilySites.com.br