História e Sociedade

Dados Gerais     |    História e Sociedade     |    Artes e Linguagem    |    Religião

História e Sociedade
O que hoje conhecemos como cultura fenícia já ocorria 3 mil anos antes de Cristo no Levante, região litorânea hoje dividida entre Líbano, Síria e Israel. Contudo, foi apenas por volta de 1100 a.C., após um período de colapso social em toda a região, que os fenícios surgiram como uma força cultural e política significativa.

Do século IX ao VI a.C., eles dominaram o mar Mediterrâneo, fundando mercados e colônias desde a ilha de Chipre, mais a leste, até o mar Egeu, Itália, África do Norte, e Espanha, a Oeste. Conseguiram enriquecer comercializando produtos como o azeite de oliva, o vinho, e principalmente a madeira dos cedros libaneses.


1.1 – Cidades e Comércio

Sob a forma de postos comerciais, cidades ou centros urbanos, os estabelecimentos fenícios compartilhavam características comuns. Salvo raras exceções, seus assentamentos eram pequenos e situados próximos a costas navegáveis, posto que, como grandes comerciantes, davam preferência a locais adjacentes a baías naturais, lagoas ou estuários.

O importante porto de Biblos, por exemplo, estava justamente localizado em uma pequena baía. Desse porto advêm as mais antigas informações a respeito dos fenícios, onde os arqueólogos encontraram evidencias de ocupação desde 5000 a.C. Foi em Biblos que, por volta de 3000 a.C., as construções de pedra tomaram o lugar das que eram anteriormente feitas com madeira, e a cidade já se encontrava completamente formada com seus muros, templos e um cuidadoso sistema de drenagem.

Política de privacidade. ©2022. Criação FamilyD.net